Aulas e eventos púbicos suspensos: Prefeitura estabelece decretos para enfrentar o coronavírus

Publicado em: 17/03/2020 - 17:24

A cidade de Castro Alves não possui, no momento, nenhum caso suspeito ou confirmado de contaminação por coronavírus. Apesar disso, a prefeitura municipal está adotando novas medidas para conter a chegada do vírus e ampliar a segurança e saúde da população. Por esse motivo, o prefeito Thiancle Araújo assinou dois decretos (n° 17/2020 e n° 18/2020), que estabelecem a formação de um comitê de crise para administrar as demandas e criar as diretrizes neste momento, além de um decreto com a adoção de procedimentos preventivos, em caráter de urgência, em razão da pandemia por Coronavírus.
O COVID-19 já se encontra em municípios próximos, e para evitar que crianças e adolescentes de Castro Alves fiquem em situação de risco de contaminação, a prefeitura estabeleceu suspensão do calendário escolar pelos próximos 15 dias. Além disso, foram adiados os festejos culturais, realização de eventos coletivos para público igual ou superior a 50 pessoas, realizados por órgãos ou entidades da Administração Pública, privados, com ou sem fins lucrativos, que impliquem em aglomerações de pessoas. A unidade básica de Saúde da Estação será a unidade de referência para os cuidados de pessoas com suspeita de ter contraído o vírus.
Nos órgãos e secretarias do município, ficam temporariamente e excepcionalmente suspensos a visitação pública e o atendimento presencial do público externo que puder ser prestado por meio eletrônico ou telefônico. Servidores, colaboradores e estagiários maiores de 60 anos e aqueles portadores de doenças crônicas que compõem risco de aumento de mortalidade por COVID-19 poderão optar pela execução de suas atividades por trabalho remoto, cujos critérios de medição serão firmados entre o servidor e o representante de sua unidade de lotação.
Segundo o prefeito, Thiancle Araújo, novas medidas poderão ser adotadas a qualquer momento se a situação da pandemia exigir mudanças de comportamentos sociais. “A necessidade de conter a propagação de infecção e transmissão local e preservar a saúde de todos é uma prioridade para a nossa gestão. As medidas são preventivas, para que a gente não chegue a nenhum extremo. Com a contribuição de todos vamos passar por essa crise na saúde”, afirmou.

Precauções

A transmissão do COVID-19 pode acontecer por contato com gotículas respiratórias (tosses e espirros) e/ou por contato (mãos e objetos contaminados), afetando principalmente pessoas com baixa imunidade ou idosos. Neste sentido, a Secretaria de Saúde alerta para a necessidade de medidas preventivas. A Organização Mundial de Saúde (OMS) orienta o contato com pessoas gripadas ou com sintomas aparentes da doença, aglomerações, bem como situações que potencializem o risco de contaminação. Além disso, é importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, ou higienizá-las com álcool em gel a 70%. Além disso, deve-se evitar o compartilhamento de talheres e utensílios pessoais. É preciso ainda evitar cumprimentar as pessoas com as mãos, abraços e beijos, manter uma distância de aproximadamente 1 metro entre as pessoas quando fora do ambiente domiciliar; evitar contato com pessoas com sintomas de gripes, evitar locais com aglomerações, permanecendo mais tempo em casa ou em locais abertos, com ventilação ampla.

Fonte: Ascom | Prefeitura Municipal de Castro Alves

TV PREFEITURA

PUBLICIDADE

Leia também:

Cinco ruas estão passando por obras para expansão do esgotamento sanitário
Projetos da Secretaria de Agricultura beneficiam mais de duas mil pessoas durante o primeiro semestre
Festival de arte e cultura marca o Natal de Poesia
Educação municipal propõe ações para melhoria dos processos de alfabetização